Como precificar os serviços do Salão de Beleza

Como precificar os serviços do Salão de Beleza

Precificar os serviços do salão e produtos  pode ser um dos passos mais delicados, mas com a fórmula certa não será tão complicado.

O preço é um dos passos mais flexíveis, do ponto de vista do marketing, pois pode sofrer ajustes a qualquer momento para aumento de vendas, faturamento e posicionamento da empresa diante da concorrência.

Tudo irá depender dos seus gastos combinados aquilo que se oferece ao cliente. A forma de se chegar ao preço final pode ser unindo suas despesas e custos ao lucro esperado ou através da análise de mercado e perfil de clientes.

Seja para o corte de cabelo, cuidado com as unhas, tratamento ou produto, alguns passos são essenciais para se chegar ao preço ideal de custo.

Será melhor ter o preço da concorrência? Será melhor cobrar mais caro? Ou mais barato? Acompanhe:

Quais são os seus tributos?

Primeiramente, analise suas despesas fixas referentes a impostos, de acordo com o seu sistema tributário (Simples, Lucro Real ou Lucro Presumido).

Cada sistema tem um índice de imposto e créditos de tributo. No caso do Simples, não existem créditos a se descontar. Mas no Lucro Real e Presumido, taxas de ICMS, PIS e Cofins podem ser acrescentadas, dependendo do sistema. Isso deve ser observado junto ao seu escritório de contabilidade. 

Quais são seus gastos?

Todo negócio tem custos fixos e variáveis e isso deve atribuído ao preço do produto ou serviço.

Os gastos fixos são os que, independente do volume de vendas e atendimento, estão sempre presentes, como aluguel, água, luz, telefone, internet, salário dos colaboradores, segurança, entre outros.

Já os variáveis aparecem conforme as vendas e seu volume, como a taxa da máquina de cartão, publicidade, uso de produtos e utensílios.

Precificar o serviços do salão junto com o valor que se gasta com os produtos, e a soma desses custos lhe dará o preço sugerido. Você pode definir, de acordo com a representatividade dos custos, uma porcentagem para os gastos fixos e variáveis a serem embutidos no preço dos seus produtos e serviços. 

Não esqueça de embutir valor do frete cobrado por seu fornecedor, caso exista. Todo gasto deve ser incluso, de acordo com sua porcentagem, no preço final.

Precificar os serviços do Salão

Os tributos unidos ao preço do produto junto com o seu percentual de custos fixos/ variáveis é como se chega ao número que zera os seus gastos, mas e o lucro?

Esse é o momento de incluir a porcentagem de comissão, se houver, bem como a porcentagem de lucro e possíveis descontos.

Conheça seu mercado

Se o seu salão de beleza é bairrista, saiba qual é o público que irá frequentar o local. Se é uma região de classe média, por exemplo, seu preço não pode ser elevado como o da região mais nobre, pois não é compatível com a realidade dos seus clientes mais próximos.

Será que é melhor optar por usar e vender produtos nacionais ou aquela linha de importados bem mais cara? Sim, isso também deve ser levado em conta para que seus gastos fixos e variáveis não aumentem ainda mais o preço final.

Combine localização, perfil dos clientes e produtos utilizados para entender em qual mercado você está inserido.

software para salão de beleza

Entenda sua concorrência

É necessário olhar para sua concorrência e saber como seu salão está posicionado no mercado. Compare o seu preço com os concorrentes percebendo qual é o serviço ou produto entregue para obter uma comparação justa. Se existe a mesma entrega final para o cliente, precificar os serviços do salão deve ser igual ou o mais próximo ao seu concorrente.

A opção de cobrar mais barato irá depender de sua margem de lucro no preço fixado e a de cobrar mais caro se dá pelo valor agregado ao que será entregue.

O preço sempre deve ser competitivo para que o cliente analise qual é a melhor opção.

Se o preço trabalhado pelo concorrente está muito abaixo do seu, estude diminuir sua margem de lucro para que suas vendas sejam equilibradas. Mas não abaixe seu preço ao ponto de não se tornar praticável, ou seja, ele não pode de te dar prejuízo.

Valor percebido ou valor agregado

Reconhecer como seu salão de beleza se destaca e se difere no segmento é essencial para ajuste de preços.

Valor e preço são coisas diferentes. Valor é a percepção que se dá pela funcionalidade de um serviço ou produto, e preço é o que se paga por isso. 

Atendimentos diferenciados agregam valor a serviços e produtos já existentes. É ir além daquilo que o cliente já está acostumado, fazendo com que algo conhecido se transforme em uma nova experiência. 

Quando falamos de agregar valor, não se trata de coisas caras ou “astronômicas”. Pode ser o oferecimento de um café durante o tratamento de cabelo que o seu concorrente não se preocupou em oferecer. Pode ser o WiFi livre para que a cliente trabalhe em seu notebook enquanto aguarda seu horário. Como também pode ser um manobrista no estacionamento, um kit de tratamentos gratuitos para sua cliente de longa data entre tantas outras coisas.

O valor percebido permite que o preço seja elevado, mas de maneira justa, pois o serviço prestado é melhor do que o outro salão, que cobra mais barato. Isso levará o cliente a analisar custo x benefício.

Quando se agrega valor ao precificar os serviços do salão é importante saber se o seu cliente está disposto a pagar por isso. Conhecer a clientela é essencial para que isso seja ajustado causando aumento no lucro e não ao contrário.

São passos trabalhosos, mas que te levarão a um resultado assertivo ao precificar os serviços do salão de beleza.

Lembre-se de sempre analisar a concorrência e perceber como suas clientes respondem ao que é oferecido em seu negócio. 

Aprimorar a experiência para o consumidor sempre deve ser uma preocupação, bem como os preços e valores praticados.

8. Organizar Finanças

Post a Comment