Feiras de beleza: vale a pena participar?

Sistema para Salão de Beleza Gratuito Os prós e os contras

Feiras de beleza: vale a pena participar?

A maior feira de beleza de toda a América Latina, a Beauty Fair, acontece anualmente no Brasil, mas além dela pelo menos uma dezena de eventos de grande porte acontecem nas principais capitais brasileiras durante todo o ano, especialmente no eixo Rio-São Paulo. Apenas grandes festas cheias de mais do mesmo? Talvez, dependendo do seu olhar profissional. Para muitos podem ser apenas espaços cheios de gente tentando vender seus produtos em stands.

Mas para o empreendedor que quer agregar diferenciais à sua clínica ou salão de beleza, as feiras de beleza são excelentes oportunidades de crescimento, composição de parcerias, aquisição de novos equipamentos, formação de networking e acúmulo de conhecimento. Definitivamente uma oportunidade imperdível para quem quer crescer e manter-se atualizado em um mercado tão competitivo.

Faturamento e concorrência não param de crescer

Sim, e competição no ramo da beleza é o que não falta – afinal, não faltam também clientes ávidos, que fazem o setor passar praticamente incólume pela crise financeira que assola o país. Para se ter uma ideia, o volume de negócios fechado em uma dessas grandes feiras que acontecem em São Paulo chega a ultrapassar a casa dos R$ 500 milhões.

Nada de se espantar para um faturamento que já está na casa dos R$ 42 bilhões em 2015, 7,5% maior em relação ao mesmo período do ano passado. Claro que há espaço para todo mundo, mas para garantir seu lugar ao sol é preciso ganhar destaque: de acordo com o Sebrae, já são quase 570 mil microempresas, incluindo aí as voltadas para a beleza masculina, que teve um crescimento de 100% também em relação ao 2014.

E é justamente nas feiras de beleza que você pode encontrar o diferencial do seu nicho para dar fortes braçadas à frente do concorrente. São mais de 900 marcas disputando os profissionais que pretendem levar novidades fresquíssimas para seus clientes. Além disso, é possível conhecer novas técnicas de maquiagem, tratamentos e cortes de cabelo, e as tendências para a próxima estação, já que várias oficinas são oferecidas no local com resultados que compensam o investimento.

Pensando no futuro: aprenda a ter olhos de empreendedor

Empreender não significa apenas abrir e gerir seu próprio negócio, mas buscar formas de mantê-lo sempre lucrativo e em crescimento. Esqueça essa história de que “em time que está ganhando não se mexe” – quem não se mexe fica estagnado e acaba sendo um grande candidato a fechar as portas. Manter seu salão por dentro das principais tendências é obrigação básica de qualquer profissional, mas para estar um passo à frente você precisa antecipar as tendências.

Os clientes estão cada vez mais exigentes, e você tem que estar além da expectativa para agregar valor ao seu serviço e poder cobrar por ele da forma adequada. Nas feiras você não só fica a par do há de novo no mercado, mas também pode fechar parcerias importantes, como de treinamento para a sua equipe, de revenda de produtos de beleza ou adquirir equipamentos de última geração, que ajudam a conquistar novos clientes e fidelizar os antigos.

É nas feiras de beleza também que você aumenta a sua rede de conhecimento, o seu networking. Essa rede de contatos é muito importante em qualquer estágio da sua vida empresarial, é através dela que você convidada e é convidado para eventos, que conhece profissionais para a sua equipe ou fecha sociedades, que aparecem as melhores oportunidades de negócios.

Não esqueça do seu material promocional

As feiras de beleza são um excelente lugar para conhecer novos produtos e pessoas, mas também para se tornar conhecido. Por isso, não esqueça de organizar um bom material promocional, com peças de marketing off e online alinhadas com a sua proposta. Capriche na identidade visual da sua empresa – se já tiver muito tempo que foi elaborada procure um profissional para fazer reajustes – e produza peças que mostrem o seu trabalho de forma rápida, concisa e atraente.

Podem ser pequenos vídeos promocionais, folderes, cartões ou qualquer peça que permita uma visualização instantânea e interessante em um bate papo informal, por exemplo. Mas nada de ser chato: deixe os contatos acontecerem naturalmente, muitas vezes o melhor caminho é apenas trocar telefones e e-mails e entrar em contato posteriormente. O importante é pensar como um empreendedor com os olhos voltados para o futuro.

Gostou dessas dicas ou ficou alguma dúvida? Compartilhe suas ideias conosco aqui nos comentários! 

Post a Comment