10 sugestões fundamentais para falar bem e se destacar no mercado

10 sugestões fundamentais para falar bem e se destacar no mercado

Tempo de leitura: 3 minutos

 

Vai dar uma palestra, passar por uma entrevista de emprego ou fazer uma apresentação? Confira 10 dicas simples para falar bem e se destacar no mercado!

 

1 – Quem imagina que a comunicação acontece apenas através das palavras que são proferidas verbalmente, engana-se. Se assim o fosse, nunca haveria alguém “cochilando” ou disperso em uma apresentação.

 

Por esse motivo, quem vai apresentar suas idéias, nunca pode esquecer que apenas falar não assegura uma boa comunicação.

 

É aconselhável, por exemplo, que quem está com a “vez da palavra” olhe em direção do ouvinte ou mesmo do grupo que está diante de si. Nesse último caso, na presença de mais de um ouvinte, tente distribuir os olhares enquanto fala. Afinal, todos que estão ali são importantes.

 

2 – Outro fator que pesa muito no processo da comunicação é a gesticulação. Não são raros os casos de pessoas que ficam quase que paralisadas quando estão falando.

 

Transmitir ideias, repassar conteúdo ao ouvinte, também se faz através da movimentação das mãos. Mas sem exageros ou a pessoa que está à sua frente ficará mais preocupada se você tem consciência de espaço e não irá acertá-la acidentalmente.

 

3 – O processo de comunicação verbal também necessita que o comunicador fique atento à entonação e à velocidade da própria voz.

 

Quem fala não precisa ser tão rápido e tampouco devagar, quase parando. Deve existir um equilíbrio entre os extremos ou a mensagem pode não ter o resultado esperado.

 

4 – Provavelmente, você já assistiu a uma palestra ou mesmo participou de uma reunião, aonde quem conduzia os trabalhos andou de um lado para o outro sem parar como se tivesse que cumprir uma quilometragem.

 

Ou então ficou completamente parado, como se estivesse com cimento nos pés. Nem um caso e nem outro são indicados.

 

5 – Quem fala em público, precisa ter consciência que qualquer mente pode deixar passar alguma informação relevante durante uma apresentação.

 

Por esse motivo, é aconselhável que se faça um breve roteiro, destacando as palavras-chaves de cada tópico que precisa ser destacado na apresentação.

 

6 – Quando alguém se prontifica a falar em público, não importa a temática, deve se preparar.

 

Mesmo que o profissional domine bem o assunto, não custa atualizar-se com pesquisas lançadas recentemente, apresentar dados estatísticos, enfim, ter ciência de que o mundo está em constante processo de transformação e que é preciso manter-se atualizado.

 

7 – É comum que após uma apresentação em público, algumas pessoas apresentem dúvidas e façam questionamentos.

 

Para facilitar o andamento do seu trabalho, tente colocar-se no lugar que quem irá ouvi-lo e liste os pontos da sua palestra que podem gerar polêmica. Com base nesses dados, você pode preparar-se para possíveis questionamentos e respondê-los com serenidade.

 

8 – Antes de realizar uma apresentação, não custa “treinar” em casa diante do espelho.

 

Assim, a pessoa poderá identificar os seus erros de comunicação e os pontos que precisam ser trabalhados.

 

9 – Mesmo depois de todas essas ações, pode ficar aquela “pontinha” de dúvida: minha apresentação está ou não boa?

 

Nesse caso, não pense duas vezes e chame os amigos de trabalho ou, então, a família, profira sua palestra. Escute com atenção a cada observação que eles fizerem.

 

10 – Outros recursos que são utilizados por quem deseja melhorar seu desempenho, ao falar em público, é gravar a própria apresentação através de câmeras ou celulares.

 

Isso auxilia a pessoa a analisar a sua apresentação e trabalhar os pontos considerados fracos.

 

Espero que tenha gostado das dicas!

 

 

 

Valência De Souza

Consultoria Diagnóstico e Desenvolvimento em RH

@validando

 


 

Leia também: