5 dicas para escolher a maquininha do seu salão

5 dicas para escolher a maquininha do seu salão

Tempo de leitura: 2 minutos

 

Além de um sistema de gestão prático e efetivo, é fundamental que o seu estabelecimento conte com uma solução de pagamento que traga ganhos fiscais e operacionais. Mas na prática, o que é isso?

 

Se hoje você utiliza soluções tradicionais, provavelmente, está pagando impostos relacionados ao seu negócio e sendo bi-tributado; pela sua parte e pela comissão dos seus profissionais. Faça as contas e perceba quanto dinheiro está perdendo nisso por ano.

 

Já fizemos outros posts aqui no blog explicando a Lei do Salão Parceiro, se você ainda não leu, clique aqui e entenda como ela pode te ajudar. Você precisa aplicá-la no seu negócio e também precisa de uma solução de pagamento alinhada a ela.

 

Quando for escolher essa solução, é preciso tomar cuidado. Existem muitas verdinhas, amarelinhas e etc. Mas, essas empresas entendem do seu negócio?

 

Siga essas 5 dicas e saia na frente 😉

 

1-) Não use as taxas oferecidas como único critério

 

O ideal é escolher a maquininha desenvolvida por uma empresa especializada no seu segmento: beleza e bem-estar. Isso fará com que você tenha um suporte mais específico e uma solução adequada ao seu dia a dia.  

 

2-) Avalie ter uma solução de pagamento totalmente integrada ao sistema de gestão

 

Por que?

 

Se a sua maquininha for integrada ao seu sistema, você não perderá mais tempo fazendo conciliação bancária e nem divisão manual dos recebíveis, poderá pagar os seus profissionais de forma bem mais prática e rápida, com apenas um clique.

 

3-) Faça as contas do que vale mais a pena, fazer aquisição ou pagar aluguel da maquininha

 

4-) Busque por soluções que não cobrem taxas de TED e DOC

 

Essa é uma das grandes vantagens de usar uma solução com tecnologia digital. Você já fez as contas de quanto gasta por ano em taxas de TED e DOC para os seus profissionais?

 

O dinheiro gasto nisso é completamente dispensável hoje em dia, e poderia estar compondo o seu quadro de lucro, não de despesas.

 

5-) Escolha uma solução de pagamento integrada a uma conta digital, corte a burocracia e tarifas de manutenção de conta bancária;

 

A conta digital tem bem menos burocracia, tanto para a abertura quanto para as operações do dia a dia. Você não precisa mais pegar as velhas e chatas filas no banco.

 

Com os avanços da tecnologia, as operações digitais estão muito seguras. Você também deixa de vivenciar os riscos de golpes ou assaltos ao visitar uma agência física.

 

Tudo fica bem mais simples, fácil e prático com o uso de aplicativos. Você pode controlar seu dinheiro de qualquer lugar e a qualquer hora.

 

Além disso, na maior parte das contas digitais, não existem as tarifas de TED e DOC citadas acima.

 

Ainda bem que o mercado segue se reinventando e a tecnologia avança a cada dia; cuidado para não ficar para trás!

 

Esperamos ter trazido boas soluções para facilitar a sua vida e, qualquer dúvida, é só compartilhar com a gente aqui nos comentários 🙂

 

 

Post a Comment