Como o SEBRAE pode ajudar seu negócio de beleza

Como o SEBRAE pode ajudar seu negócio de beleza

Tempo de leitura: 3 minutos

Pensando em abrir o seu salão de beleza ou clínica de estética? Nada melhor do que a opinião de especialistas para prestar a melhor assessoria. Sim, porque por mais inteligente e competente no que faz, todo empreendedor precisa de orientações para entrar no mercado com o pé direito, minimizando ao máximo os riscos e potencializando fatores positivos.

Por isso, o Sebrae salão de beleza e negócios afins tem as melhores dicas em relação à escolha do lugar, à legislação, à montagem do local, à contratação de pessoal e todos os aspectos que cercam um empreendimento no setor de beleza. O melhor é que antes mesmo de agendar uma visita com um dos especialistas do Sebrae, você pode ficar por dentro de todas as dicas no próprio site do serviço e já começar a planejar o seu negócio.

Desempenho e sintonia com as principais tendências

O culto à beleza e à juventude tem movido a Humanidade ao longo dos tempos e hoje é um dos setores mais fortes do Brasil, praticamente alheio à crise econômica. No entanto, ainda que o faturamento na casa dos R$ 42 bilhões demonstre o sucesso do mercado, é preciso que o empreendedor receba a orientação adequada para que o seu negócio tenha o êxito esperado. Dados do IBGE mostram que metade das empresas brasileiras fecham as portas após quatro anos, muitas por falta de planejamento. De acordo com as dicas do Sebrae clica de estética o empreendimento de beleza deve aliar dois fatores: desempenho e sintonia com as principais tendências.

O Sebrae ajuda o empreendedor a compreender, por exemplo, que o estilo do negócio deve ser definido de acordo com o seu público-alvo: se a clientela é mais selecionada o ambiente deve ser mais requintado, se o púbico tem tempo escasso o estilo deve tender pela praticidade, por exemplo. A aparência que ele deverá ter também tem influência direta na resposta do público, é a chamada identidade visual. Ela deve ser definida de acordo com as necessidades do seu público, a sua proposta de trabalho, o local em que está inserido e o tipo de clientes que você espera alcançar. No entanto, um ponto deverá ser sempre em comum – a qualidade dos serviços.

Qual o melhor ponto: perto da sua casa ou próximo ao comércio?

Na hora de procurar o imóvel há vários fatores que devem ser levados em conta além do preço do imóvel, mesmo que seja alugado: o que será melhor para o perfil do seu negócio, ficar próximo à sua casa ou do comércio como shoppings, cursos e academias; ter transporte público na porta ou facilidade de estacionamento; ser loja de rua ou em edifício comercial?

Além de ajudar o empreendedor a responder essas perguntas, o Sebrae também o ajuda a montar a sua equipe de acordo com o tamanho do salão ou clínica de estética e com os seus objetivos, sempre primando pela qualidade e bom atendimento. Por outro lado, é preciso estar dentro da legislação, tanto em relação à documentação do negócio quanto do imóvel e da sua equipe: qual a melhor forma de contratação, haverá comissionamento, horas extras, serviços terceirizados?

No entanto, nada disso vaia adiantar muito se você não tornar o seu empreendimento conhecido, não divulgar a sua marca: e para isso você precisa de uma estratégia de marketing que inclua mídias digitais e impressas, com a produção de conteúdo e material promocional, elaboração de campanhas, pacotes e parcerias, layout das peças e manutenção de redes sociais, entre outros tantos aspectos.

Parece muita coisa – e é. Por isso, a melhor dica que você pode receber antes de abrir seu salão de beleza ou clínica de estética é consultar o Sebrae, compreender direitinho como integrar da melhor forma todos estes aspectos e partir rumo a uma carreira de sucesso.

Quer mais dicas sobre como abrir seu negócio de beleza? Compartilhe aqui suas dúvidas e nós vamos responder com outro post!

Post a Comment