Coronavírus: o que você deve mudar na sua rotina de beleza

Diante da proliferação do vírus causador da COVID-19 é necessário estarmos atentos para quais práticas podemos adotar no nosso dia-a-dia. Além da constante higienização das mãos, veja o que você deve mudar na sua rotina de beleza para evitar o Coronavírus! 

 

Por que é importante cuidar das unhas?

Considerando que estamos enfrentando uma pandemia, saiba que é imprescindível ficar atento para as orientações dos especialistas. A higienização das mãos é uma dos cuidados vitais para evitar a propagação do vírus, mas, além disso, você também pode adotar outras práticas, como é o caso da limpeza das unhas.

 

Uma das grandes vaidades das mulheres está nas unhas, não é a toa que muitas optam por deixá-las crescerem naturalmente, ou até mesmo de investir em técnicas, para aumentar o tamanho.

 

Contudo, tenha em mente que a parte de baixo das unhas é uma área de difícil acesso, e de higienização, o que faz com que elas se tornem vias de transmissão de patologias, como é o caso da COVID-19.

 

Como cuidar das unhas para evitar o Coronavírus?

Ainda que as unhas compridas estejam diretamente ligadas com a vaidade, e até mesmo a autoestima, saiba que esse é o momento de termos consciência para que não sejamos prejudicados. 

 

Pensando nisso, a recomendação mais correta é cortar as unhas a cada 3 dias. É sempre bom salientar – ainda mais nesse período que estamos vivendo – que de forma alguma você deve levar as unhas na boca, seja para roê-las, ou até mesmo de puxar os “cantinhos” e as cutículas.

  

Entretanto, se ainda assim você preferir manter as unhas longas, saiba que terá de redobrar os cuidados, uma vez que nesse caso a higienização deve ser ainda mais minuciosa.

 

Para isso, não se esqueça de passar sabão e água debaixo das unhas. Feito isso, escove-as para se certificar que todas as impurezas foram removidas por completo.

 

Outro cuidado que também deve fazer parte da sua rotina de beleza é o de remover os esmaltes após um curto tempo de uso. Isso porque conforme o esmalte vai descascando, alguns microorganismos aproveitam para se instalar nessa área, o que faz com que as unhas fiquem enfraquecidas.

 

São medidas bem fáceis, mas que necessitam de disciplina. Aprenderemos, se praticarmos.  

 

Espero que nossas orientações sejam válidas não só para essa fase delicada de prevenção do coronavírus, mas que sejam permanentes para a manutenção da nossa saúde. 

 

Abraços,

 

Patricia Makiyama


Gostou desse conteúdo? Confira também:

Coronavírus e o mercado da beleza: faturamento despenca e desmarcações de serviços aumentam
Como driblar a crise causada pelo Coronavírus
Coronavírus e o mercado da beleza: setor sofre com a paralisação do comércio em diversas regiões do país
Como não deixar que o Coronavírus atrapalhe o seu negócio
Coronavírus e estética: quais cuidados devem ser tomados

Avatar do autor

Patrícia Makiyama


Patrícia Makiyama é especialista em unhas e proprietária do Instituto Makiyama - uma escola especializada em treinamentos para unhas, que tem como missão impactar a vida das alunas por meio do desenvolvimento pessoal e profissional. #UBTeam

Assine nossa newsletter