Dicas de beleza mais bizarras da internet

30 de agosto, 2019

Bem-Estar

A internet pode ser uma excelente maneira de buscar dicas de beleza, sem dúvidas. Mas é preciso ter um filtro de informações bem grande, pois muitas dicas podem ser um tanto quanto bizarras e até mesmo perigosas para a saúde.

No artigo de hoje, vamos conferir as dicas de beleza mais bizarras da internet, para você ficar atenta a informações que podem ser prejudiciais.

1. Bronzeamento caseiro com água e sal grosso

Muitas brasileiras adoram um corpinho bronzeado mesmo que não seja verão, não é mesmo? Mas não é necessário fazer loucuras para conseguir isso!

Um dos truques mais bizarros da internet é acelerar o bronzeamento com uma mistura caseira de água e sal grosso antes de tomar sol.

O grande problema é que o sal pode inflamar e ressecar a pele, deixando manchas permanentes e perigosas. Isso pode levar a sérias queimaduras solares, agravadas ainda mais pelo uso do sal.

Por isso, nada de cair nessa furada!

Se você realmente deseja bronzear mais o corpinho, capriche na alimentação com betacarotenos e use um bom autobronzeador, mas nada de fazer loucuras!

2. Tratamento de manchas faciais com água oxigenada

A água oxigenada é muito utilizada para fazer os famosos banhos de lua, deixando os pelos douradinhos e a pele levemente clareada. Com isso, muitas pessoas acabam achando que a água oxigenada pode ser uma ótima opção para tirar manchas e deixar o rosto mais uniformizado.

Mas isso é um tremendo erro e pode ser mais desastroso do que se imagina! Esse composto pode causar queimaduras sérias na pele, principalmente na região do rosto, que tende a ter a pele ainda mais sensível.

Dependendo da pigmentação e do aspecto da mancha, ela pode complicar ainda mais o quadro, deixando-a ainda maior e mais forte.

Se você realmente deseja tratar suas manchas faciais, procure um dermatologista qualificado que possa te indicar tratamentos estéticos efetivos para o problema. Mas tenha cuidado com as dicas bizarras!

3. Usar cinta compressora para malhar

O uso de cintas compressoras e corpetes para afinar a cintura já tendem a ser prejudiciais para a saúde, principalmente quando utilizados de forma muito comprimida.

Imagine utilizá-los para malhar!!!

Os resultados podem ser um tanto quanto catastróficos… desde atrofia nos músculos até problemas posturais, usar uma cinta durante atividades físicas pode comprimir as costelas e causar mais danos do que se imagina.

Se você deseja ficar com a cintura mais fina, uma cirurgia plástica pode ser muito mais efetiva e indicada, sem trazer complicações para sua vida. Dentre os procedimentos mais queridinhos, a abdominoplastia e a lipoescultura se destacam.

Lembre-se que os resultados satisfatórios não devem ser apenas estéticos, assim, você deve colocar sua saúde em primeiro lugar.

4. Aumentar o volume labial com garrafas e copos

Popularizado entre jovens, o desafio de sugar uma garrafa ou um copo para inchar os lábios com pressão é uma ação muito bizarra. As jovens acabaram se inspirando no volume labial da irmã (Kylie Jenner) e aderiram a essa técnica perigosa para deixar os lábios mais proeminentes.

O grande problema é que essa ação pode lesionar de maneira séria o tecido labial e abrir portas para várias infecções. Para preenchimentos labiais efetivos, o mais recomendado é buscar técnicas com ácido hialurônico, que é muito biocompatível e seguro, desde que realizado por profissionais qualificados.

5. Usar talco e abandonar o xampu seco

Usar talco para disfarçar a oleosidade das madeixas é um truque que realmente funciona. Mas utilizá-lo frequentemente e abandonar o xampu seco é quase loucura!

Isso acontece porque o talco jamais deve substituir a lavagem e a longo prazo ele pode causar foliculite, gerando inflamação nos fios.

Por isso, nada de abandonar o xampu seco para controlar a oleosidade e utilize talcos só em últimos casos.

6. Passar cebola para potencializar o crescimento das sobrancelhas

Para estimular o crescimento dos pelos da sobrancelha, muitas internautas se sujeitaram a passar cebola no local. Embora tal prática possa funcionar, ela é um tanto quanto bizarra e com certeza o odor deve ser bem desagradável.

Assim, vale a pena buscar alternativas com o seu dermatologista caso você realmente queira potencializar o crescimento dos fios.

7. Secar espinhas com pasta de dente

Embora a pasta de dente tenha um efeito calmante, jamais deve ser utilizada para secar acnes. Além de deixar a pele ainda mais irritada, as lesões podem piorar e até gerar inflamações, podendo ser muito perigosas para a saúde como um todo.

Para piorar ainda mais a situação, a pasta de dente pode deixar manchas quando houver exposição solar, não compensando em nada o seu uso!

8. Passar pó de café para esfoliar as celulites

Passar pó de café diretamente nas celulites é muito bizarro, certo? Mas muitas pessoas relatam que funciona! Fazendo uma esfoliação com o produto, é possível estimular as células a se renovarem, graças a presença da cafeína e estímulo físico.

9. Usar maionese para hidratar o cabelo

Que tal passar maionese para deixar as madeixas hidratadas? Dizem que funciona!

O indicado é deixá-la agir sobre os fios por 20 minutos e depois retirar, aproveitando os resultados.

10. Mergulhar as unhas na água para secar o esmalte

Mesmo que pareça estranho, mergulhar as unhas para secar o esmalte mais rápido pode funcionar, principalmente quando a pressa bate à porta.

Deixe-as mergulhadas por 3 minutos em água gelada, com certeza o resultado será satisfatório (embora um pouco assustador, lógico).

Outros aspectos importantes

Embora a internet seja uma ótima fonte de informações para cuidar da saúde e manter o visual em dia, também existem muitas informações perigosas difundidas na rede.

Dentre elas, encontramos dicas de beleza bizarras e altamente divulgadas, que podem prejudicar seriamente a saúde.

É preciso que você esteja bem informada para não cair em furadas e, em caso de dúvidas, o auxílio médico sempre pode ajudar.

Gostou de saber as dicas de beleza mais bizarras da internet? Fique atenta(o)!

@aescareoficial

AesCare


Matérias relacionadas

Assine nossa newsletter