Dicas para empreender no setor de beleza em 2019

Dicas para empreender no setor de beleza em 2019

Tempo de leitura: 3 minutos

 

O mercado de beleza cresce exponencialmente a cada ano e foi um dos setores de maior destaque inclusive no período de crise. De acordo com pesquisas realizadas pelo Euromonitor em 2018 (informações extraídas do r7):

 

  • Existem 500 mil salões formais no Brasil;

 

  • Previsão de crescimento de 4,5% até 2021;

 

  • 48% dos estabelecimentos são informais (o que significa que os números podem ser ainda maiores do que é apresentado pelas pesquisas);

 

 

  • Na região Sudeste, existem 276 mil de salões para cada 100 mil mulheres;

 

  • Nas regiões Norte e Nordeste, existem 264 mil de salões para cada 100 mil mulheres.

 

Esses números mostram todo o investimento que está sendo feito na área, com grande perspectiva de retorno e cada vez maiores expectativas de crescimento.

 

Mas para se destacar entre tanta gente, você precisa trazer diferenciais aos consumidores. Então, vamos às dicas?

 

 

Estude o mercado e mantenha-se atualizado

 

 

A busca por capacitação é o verdadeiro diferencial do empreendedor. Conheça o mercado, faça um Plano de Negócios (se você não sabe muito bem como fazê-lo, temos um conteúdo aprofundado sobre isso aqui), estude tudo o que puder e isso pode te trazer muito sucesso.

 

Além disso, estudos feitos pelo SENAC, afirmam que profissionais de beleza alinhados às tendências de mercado são mais competitivos. Para garantir espaço e sair na frente da concorrência, é necessário buscar aprimoramento contínuo e estar sempre atento à moda, que varia constantemente e de acordo com as estações.

 

O setor é repleto de novidades, portanto, fique atento e atualizado em tudo o que surge. Visitar eventos como a Beauty Fair e o Beauty Week Experience são ações fundamentais.

 

 

Explore nichos

 

 

  • Ainda segundo a mesma pesquisa da Euromonitor, 83% dos salões formais são focados no público feminino.

 

Isso significa que existem muitos nichos que podem ser explorados. Afinal, é tendência de comportamento do consumidor (divulgada no caderno de tendências do SEBRAE 2019) que o conceito de beleza siga por um caminho cada vez mais diversificado e inclusivo.

 

Temos algumas dicas para colocar o seu negócio à frente e para incentivá-lo rumo ao lucro:

 

  • Ofereça serviços diferentes dos de praxe;

 

  • Seja especializado em algum serviço específico – isso traz diferenciação e exclusividade. Existem estabelecimentos que oferecem forte desempenho em loiros, em enrolados, em dreadlocks, etc. São muitas opções;

 

Vários negócios especializados em um determinado público foram criados no Brasil. Surgiram salões especializados em cabelos cacheados e em loiras, barbearias com roupagem mais atual e empresas especializadas em design de sobrancelhas, entre outras novidades. Percebe-se que empresas de nicho, com um foco bastante amplo, estão atraindo muita gente e são rentáveis.

 

 

Cliente é rei

 

 

Você precisa ter um bom conhecimento do seu público-alvo e precisa oferecer um atendimento excelente. Quantas vezes você entrou em um estabelecimento lindo, que parecia incrível do lado de fora, até que foi mal atendido e tudo perdeu o encanto? Aposto que não quis mais voltar naquele lugar.

 

É assim com todos os negócios. Nenhum esforço adiantará se você e toda sua equipe não tratarem o cliente como rei, entendendo suas preferências e desejos.

 

 

Construa networking (rede de contatos)

 

 

Um empreendedor precisa de contatos, principalmente nessa área. Mesmo com redes sociais, o público da beleza é movido pelo corpo a corpo, boca a boca. E aí entram os eventos novamente: são ambientes ótimos para networking. No Beauty Week Experience, compareceram os donos dos maiores salões, clínicas, barbearias e spas de São Paulo.

 

Esse tipo de contato é fundamental.

 


 

 

Gostou das nossas dicas? Então, continue acompanhando o Universidade da Beleza e assine nossa Newsletter. Temos centenas de dicas e conteúdos gratuitos para te oferecer!

 

Leia mais: