Vantagens de fazer parceria na área da estética

27 de fevereiro, 2020

Carreira e Negócios, Gestão, Joanne Pamplona

O mercado da beleza está cada vez mais competitivo, por isso é imprescindível ficar atento a quais macetes você pode utilizar para firmar mais a sua marca entre os clientes. Pensando nisso, vantagens de formar parceria na estética.

 

Campo de atuação do profissional de estética

Hoje, a definição de bem-estar expandiu-se para incluir uma série de programas que visam não apenas proteger a saúde das pessoas, mas também para impulsionar ativamente a melhoria na aparência e, consequentemente na autoestima delas.

 

O profissional esteticista é permitido trabalhar em centros estéticos, em salões de beleza, hotéis, SPA’S, academias, em domicílio, eventos, realizando tratamentos ou fazendo a consultoria de cosméticos, em consultórios médicos auxiliando cirurgiões plásticos e dermatologistas e ainda, como empresário no setor. 

 

Este cenário é a constatação da importância das parcerias estratégicas para o sucesso das atividades nos centros de estética. 

 

A importância das parcerias

Há muito tempo, especialistas vêm reconhecendo o valor da cooperação em benefício dos envolvidos em uma relação de negócios. 

 

Uma opção criativa que se mostra vantajosa são as parcerias com empresas não concorrentes.

 

Com quem você pode fazer networking?

Existe uma infinidade de possibilidades de criar um bom networking (rede de contatos e relações profissionais de troca) nesta área.  

 

Procure empresas fornecedoras de produtos, de serviços complementares ao do centro de estética ou empresas que estejam alinhadas com o setor da saúde e bem-estar para formar essas parcerias, que vão beneficiar ambas às partes.

 

A parceria não se limita apenas a um acordo entre estabelecimentos. Pode ser feito entre profissionais liberais, com os clientes da própria clínica, com amigos e até com “celebridades” virtuais ou locais.

 

Vantagens de fazer parceria na área da estética

  • Uma parceria quando é boa e dá certo, ambas as partes ganham e muito;
  • Os resultados são crescentes;
  • O fluxo de clientes é constante, agenda sempre cheia;
  • Reduz custos com divulgação;
  • Cresce as chances de fidelizar a clientela;
  • Oportunidade de rápida expansão da clínica;
  • Diversidade de público;

 

Quem pode ajudar a alavancar o negócio de estética?

  1. Influenciadores digitais;
  2. Comerciantes;
  3. Academias;
  4. Dermatologistas;
  5. Cirurgiões Plásticos;
  6. Dentistas;
  7. Nutricionistas;
  8. Maternidades;
  9. Hotéis;
  10. Salões de Beleza (que não oferecem tratamentos faciais e corporais);
  11. Barbearias (que não oferecem tratamentos faciais e corporais);
  12. Aeroportos;
  13. Órgãos Públicos (ex.: prefeituras, secretarias, etc.).

 

Como propor uma parceria?

Quando for conversar pessoalmente com um “suposto” parceiro, leve a proposta de parceria por escrito, mesmo que não haja a formalização de um contrato no ato do acordo. Assim, as partes envolvidas estarão cientes de seu papel no cumprimento dos propósitos. 

 

Um encontro bem-sucedido de interesses pode ser um grande diferencial para um negócio de estética. Focar na qualidade das conexões é concentrar energia nos melhores resultados para a sua empresa ou carreira. Pense nisso.

 

“Em tempos difíceis, conquistar e manter aliados no mercado de trabalho é imprescindível para sobrevivência e ascensão de uma empresa.”


Gostou desse conteúdo? Confira também:

Planejamento estratégico para espaços de beleza e estética: como fazer
10 dicas para melhorar o faturamento da clínica de estética
Profissional de beleza e estética: tudo que você precisa saber antes da contratação
Como calcular o lucro de serviços de beleza e estética

Avatar do autor

Joanne Pamplona Pereira


Joanne possui mais de 20 anos de experiência no mercado da estética, e além disso é massoterapeuta e professora na área.

Assine nossa newsletter